MENSAGEM INSPIRADORA

No primeiro capítulo do livro de Atos dos Apóstolos estão registradas as últimas palavras pessoais de Jesus aos seus discípulos antes de ascender aos céus. Eram palavras realmente importantes e iriam determinar a ação missionária de todos os crentes ao longo dos séculos. O verso 8 menciona: “Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaría, e até os confins da terra” Aqui está uma fórmula simples e didática para a expansão do evangelho.

O Senhor Jesus estava indicando aos discípulos que, para serem missionários e cumprirem a missão, primeiro deveriam receber o Espírito Santo para que pudessem sair e transformar a vida das multidões e levá-los ao Salvador. Isso significa que aquele que deseja ser missionário deve ser motivado, em primeiro lugar, pelo mesmo Espírito de Deus. Pode haver outras motivações, mas o fundamental é ter a intervenção do Espírito Santo em sua vida.

Por outro lado, Jesus apresenta uma fórmula missionária que está em progressão do micro ao macro. Começa dizendo que sejam suas testemunhas em Jerusalém. Jerusalém era o lugar mais difícil e perigoso para pregar o evangelho. Ali crucificaram a Cristo e alí viviam os líderes políticos e religiosos mais influentes e poderosos da época. De uma perspectiva moderna, é precisamente em Jerusalém que somos chamados a pregar primeiro; este lugar representa nossa família, é difícil pregar para a família? Claro que sim! Da mesma forma, é difícil pregar para nossos vizinhos, amigos íntimos e colegas de trabalho. Eles nos conhecem, conhecem nossas fraquezas e até mesmo nossos erros e são nossos acusadores. No entanto, Deus está nos chamando para pregar para eles. A primeira instrução é trabalhar para os outros, começando com a família, amigos e participar na pregação do evangelho no próprio distrito missionário, já que ninguém pode amar a missão global sim não amar a missão local.

O próximo nível de missão na fórmula é Judéia e Samaria. Ambos os lugares, nos dias de Jesus, pertenciam à província da Judéia controlada pelo Império Romano. Judéia e Samaria, incluindo a Galiléia, era o território ocupado pelo povo de Deus depois de deportações e ocupações estrangeiras. Jesus estava convidando seus discípulos para serem testemunhas entre seus próprios compatriotas, isto é, para levar a mensagem ao seu próprio país; aqueles que tinham a mesma língua, compartilhavam os mesmos costumes culturais e viviam na mesma região geográfica. Então, hoje, Jesus quer criar uma geração extraordinária que compartilhe a mensagem em seu próprio país; Pessoas que estão prontas para alcançar todos os cantos de sua nação e testemunhar de Cristo.

O último nível mencionado por Jesus em Atos 1:8 refere-se aos confins da Terra. Os discípulos tinham que levar a mensagem além de suas fronteiras nacionais. Os seguidores de Cristo foram chamados para ir a outros países. Isso envolve ir a países próximos ou distantes com o propósito de cobrir toda a Terra com a mensagem da Salvação em Cristo. Atualmente, existem muitos no mundo que ainda não conhecem Jesus; mais de 63% do mundo não é cristão e há um grande desafio na janela 10/40, uma área do mundo onde predominam as religiões não-cristãs, como muçulmanos, budistas, hindus e outros.

Pregar o evangelho continua sendo uma tarefa crucial delegada a todo cristão. Não é uma sugestão, é uma ordem, um mandato que não aceita desculpas. Ellen White disse que “todo verdadeiro discípulo nasce no reino de Deus como missionário” (SC, 14). Por causa disso, Deus está chamando uma geração disposta a desistir de tudo e até arriscar suas próprias vidas para mostrar Seu amor às multidões que sofrem e vivem sem esperança. Jesus está chamando você, diga-lhe agora: Eis-me aqui. Envia-me a mim! Eu quero ser um dos seus missionários! Esperamos que neste I Will Go Peru, você encontre uma nova direção para sua vida e viva a experiência de servir e salvar.

Com apreço,